15 mil baianos têm CNHs suspensas em 2017.


15 mil baianos que tiveram de deixar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de lado no ano passado.


Esse o número é de motoristas que perderam o direito de dirigir por até um ano, de acordo com o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran).
O órgão de trânsito analisa ainda outros 150 mil processos. A suspensão ocorre por conta do acúmulo de 20 pontos em multas no período de um ano ou por infrações consideradas gravíssimas – que já susta o direito de dirigir, como conduzir veículo sob a influência de álcool, recusar-se a soprar o bafômetro, pilotar moto sem capacete e disputar corrida.
Os processos administrativos que resultaram nas 15 mil suspensões foram instaurados entre 2011 a 2015.  Quem foi flagrado cometendo infrações gravíssimas que cabem suspensão entre 2016 e 2017 tem que ficar alerta: os condutores terão os processos abertos, promete a relatora da comissão de processos administrativos do Detran, Aline Alves. Para se ter uma ideia, 212 baianos têm mais de 100 pontos na CNH.


publicidade