Água fornecida pela Embasa está imprópria para uso; prefeito e vereadores se mobilizam.


Gandu  – Além da falta de água que tem prejudicado os ganduenses, o pouco que as vezes cai não esta sendo de boa qualidade, um consumidor usou o facebook para denunciar a qualidade da água que a Embasa tem fornecido para os seus consumidores.

Incomodados com a situação o prefeito Leonardo Cardoso, o vice Jojó, vereadores, e o secretário de Infraestrutura, participaram nesta segunda (4) de uma reunião com os diretores da Embasa, em Salvador. Em pauta, a melhoria do serviço de água fornecido pela empresa na cidade, renovação do convênio e investimentos no setor de abastecimento.

A comitiva foi recebida pelo presidente da Embasa, Dr. Rogério Cedraz e a superintendente da empresa na região, Dra. Poliana. Durante a discussão, o prefeito Léo e os vereadores se pronunciaram a cerca da falta constante de água no município e cobraram mais investimentos da empresa.

De acordo com o presidente da Embasa Rogério Cedraz, os investimentos e melhoria dos serviços da empresa, só poderão acontecer após a renovação do convênio entre o estado e o município. “O encontro de hoje foi muito positivo, pois nos possibilitou esclarecer algumas dúvidas com relação a nossa prestação de serviço no município. O prefeito e vereadores cobram a melhoria na prestação do serviço, estamos pleiteando um investimento já no primeiro semestre do ano que vem na ordem de um milhão. Mas, outros investimentos só poderão ser feitos, após a assinatura do convênio”, destacou.

Para o prefeito Léo, o encontro foi bastante positivo e mostrou que a união da prefeitura com a câmara de vereadores é muito importante para o município. “Essa reunião foi muito proveitosa, saímos daqui satisfeitos com o que ouvimos, principalmente a respeito de alguns investimentos que devem acontecer ainda no ano que vem, agora é interessante destacar, como deixou claro o presidente da Embasa, que outros investimentos para melhorar ainda mais a prestação do serviço, só vão poder acontecer, após a assinatura do convênio. Vamos enviar o projeto para Câmara, para após a aprovação dos vereadores, começar a cobrar de fato essas melhorias no fornecimento de água em nosso município”, finalizou.

 


publicidade