Gandu: Cartão Postal da cidade pede socorro; comunidade diz que “Lago Azul” está abandonado.


(Foto: Reprodução | Portal Sulbahia1)

O Lago Azul, “Cartão Postal”, localizado no centro da cidade de Gandu, mais uma vez é alvo de polêmica. Um dos lugares mais movimentado, local mais belo de todo Estado da Bahia, um suposto ponto turístico.

Contudo, esse cenário de rara beleza parece estar com os dias contados, pois, a situação de abandono que tem preocupado toda comunidade, pois, o  nível da água está baixíssimo.

(Foto: Reprodução | Portal Sulbahia1)

Após oito meses em que o Portal Sulbahia1, fez esta matéria, Exclusivo: Crime Ambiental praticado na nascente do Lago Azul, encontramos ainda nas nascentes, que já estão secas, lixos e entulhos. Pode-se perceber ainda, dejetos, cheiros nauseabundos e um aspecto de desleixo. Segundo informações, ainda existe uma manilha que esta quebrada.

No dia, 15 de maio de 2017 às 06:03, o Portal Sulbahia1, denunciou com exclusividade o crime ambiental que estava acontecendo na nascente do lago, Já no dia 15/07/2017 às 10:30, Portal Sulbahia1 protocolou uma denuncia ao MP, “Promotor de Justiça da Comarca de Gandu-Bahia”.

Contudo, o Poder Público se omite em tomar Providencias, em defesa desse patrimônio, que deveria merecer atenção. Porque não faz uma manutenção de toda a rede de esgoto no entorno do Lago, disse uma comerciante.

De acordo com a Constituição de 1988, mais explicitamente em seu artigo 225, $ 1º o Poder Público é incumbido da proteção e preservação dos recursos naturais, a fim de garantir às gerações futuras um meio ambiente equlibrado, por meio de inúmeros instrumentos de proteção ambiental.

Procurado pelo Sulbahia1, o Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Jorge Sarmento, informou que está aguardando uma decisão do (INEMA) Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos para tomar as devidas providências.

Entulho ainda sendo jogado nas nascentes – Imagem Sulbahia1, 04/01/2018
Lixos ainda sendo jogado nas nascentes – Imagem Sulbahia1, 04/01/2018
(Foto: Reprodução | Portal Sulbahia1)

 

(Foto: Reprodução | Portal Sulbahia1)

Uma vendedora deu sua opinião, ouça.


publicidade