Juazeiro: Senar abre inscrições de seleção para curso técnico gratuito em fruticultura


Estão abertas até 6 de dezembro as inscrições do processo seletivo para o Curso Técnico de Nível Médio em Fruticultura do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que será realizado no Centro de Excelência em Fruticultura inaugurado recentemente no Vale do São Francisco, em Juazeiro, norte da Bahia.

Ao todo, são 180 vagas disponíveis, com inscrições gratuitas. Os candidatos devem possuir ensino médio completo e realizar as inscrições através do site oficial do Senar.

O Curso Técnico em Fruticultura é reconhecido pelo MEC, gratuito e presencial. O curso possui carga horária total de 1.350 horas, distribuídas em quatro semestres letivos. As atividades educacionais serão realizadas com metodologia de ensino que promove a integração dos conteúdos teóricos e práticos, mediante a utilização de estratégias diversificadas de aprendizagem.

O processo seletivo compreenderá três etapas. A primeira é a análise do histórico escolar, anexado no momento da inscrição, considerando-se classificados para a segunda etapa aqueles que apresentarem os melhores índices de aproveitamento escolar. A análise curricular será realizada entre os dias 11 e 14 de dezembro e o resultado desta primeira etapa disponibilizado no dia 15 de dezembro.

A segunda etapa – fase eliminatória – é a aplicação da prova, entre os dias 16 e 26 de janeiro de 2018, presencialmente, no Centro de Excelência em Fruticultura, em Juazeiro (a data e horário serão informados para os aprovados na primeira etapa).

Na terceira e última etapa – fase classificatória – será realizada a entrevista dos candidatos aprovados na prova. A entrevista também será realizada presencialmente, entre os dias 2 e 8 de fevereiro, no Centro de Excelência. Os candidatos aprovados nas três etapas, devidamente matriculados, dão início às aulas em março de 2018.

O Curso Técnico em Fruticultura formará profissionais para planejar, executar e controlar os processos deste segmento, de acordo com as boas práticas agrícolas, normas técnicas, legislações e necessidades do mercado. Ele poderá atuar em propriedades rurais, empresas de consultoria na produção de frutas, agroindústrias, instituições de assistência técnica, extensão rural e pesquisa, comércio de equipamentos e produtos agrícolas, cooperativas, associações rurais, entre outros.


publividade